Os super investidores estão fazendo o quê?

Duas notícias bem interessantes chamou minha atenção nos últimos dias. E elas envolviam dois super investidores que admiro e que são por si só, um chamariz para qualquer publicação.

Peter Thiel x Jorge Paulo Lemann

Peter Thiel, fundador do Paypal e super investidor do Vale do Silício, virou notícia essa semana com o caso da revista on-line Gawker (que é dona do Gizmodo), que tem foco em celebridades. Desde 2003, a revista vem publicando notícias levianas sobre os famosos. Em 2006, o site publicou um primeiro rumor, que Peter Tiel, um dos investidores mais influentes do Vale, era gay. E isso não ficou somente em uma notícia. Desencadeou várias outras, falando da vida sexual do investidor.

peter thiel
Reprodução: Gawker Media

Peter, não demonstrou um único descontentamento. Mas preparava a vingança mais dura possível. Juntou um grupo de advogados para documentar todas provas contra o site. Isso nunca foi levado a uma briga judicial. Peter estava na espreita, sorrateiro.

Em 2012, o mesmo site revelou vídeos sexuais do lutador Hulk Hogan, com a esposa do seu melhor amigo. Foi aí que a “vingança” perfeita se revelou.

hulk hogan
Foto: Reprodução Gawker

Por baixo dos panos, Peter Thiel arquitetou e bancou todos os custos para o processo de Hogan x Gawker. O lutador não colocou um centavo sequer no processo. E o dinheiro do investidor, infindável, se revelou um grande e poderoso instrumento para aniquilar o portal.

Fato é que os investidores do portal, fugiram. Obviamente com receio do processo e do caixa infindável do Peter, que é investidor do Facebook, Stripe, Palantir, Zenefits entre outras startups mais promissoras do mundo. O próprio dono da revista, Nick Denton negociou suas ações na empresa para conseguir bancar o processo de U$140 milhões, valor esse, estimado na condenação. Hogan negava todas propostas de acordo desde 2013. O que chamou a atenção, pois os custos do processo eram bem altos. Foi aí que Peter, assumiu publicamente o investimento no processo do lutador, nessa última semana.

No dia 10/06/2016, a Gawker pediu falência publicamente. Alegando não conseguir arcar com os valores financeiros.

Peter, como bom investidor, esperou 10 anos para concretizar a vingança.

76 anos, Snapchat e Singularity University

Em terras brasilis, outro super investidor, virou notícia de uma outra forma, mas também muito surpreendente. Jorge Paulo Lemann, o homem mais rico do Brasil (U$32 bilhões) voltou à sala de aula. Não numa universidade tradicional. O dono da AbInbev foi para um curso na Singularity University. Com 76 anos, Lemann aproveitou o curso para olhar um outro negócio bilionário: o Snapchat.

jorge paulo lemann
Foto: Reprodução Forbes

Até então nada havia sido revelado. Eis que a matéria da revista Dinheiro (Junho/16), revelou que o Lemann participou da última rodada como investidor do aplicativo Snapchat. A última rodada do app foi de U$1,8bi. A assessoria do investidor não revelou os valores investidos por ele.

Até o momento, Lemann e a 3G Capital só haviam investidos em negócios de economia real, como varejo, indústria e comércio.

Será o efeito da Singularity?

Fontes: Forbes, Istoé

 

  • Bruno Ramos

    10 anos esperando pela vingança dele.. gênio

    • Dizem que vingança é um prato que se come frio Bruno…